Navegolandia » Mundo Feminino » A pílula do dia seguinte age no período fértil

A pílula do dia seguinte age no período fértil

A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência, e os hormônios presentes em sua composição agem impedindo com que os ovários liberem o óvulo, dessa maneira evitando a concepção.

A pílula do dia seguinte age no período fértil

Pílula do dia seguinte, método contraceptivo de emergência.

A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência, cujo o uso é recomendado quando outros meios contraceptivos utilizados falharam. Sendo um medicamento que possui alta dosagem de hormônio e auxilia na prevenção da gravidez indesejada. Antes de tomar este método contraceptivo de emergência é recomendado ler atenciosamente a bula do medicamento.

Esse método contraceptivo age de diversas maneiras, e caso a mulher ainda não tenha passado pelo processo de ovulação que ocorre mensalmente, os hormônios presentes na composição da pílula agem impedindo que os ovários liberem o óvulo. Caso o período da ovulação já tenha ocorrido, os hormônios contidos na composição da pílula do dia seguinte age dificultando o encontro do espermatozóide com o óvulo. A pílula do dia seguinte também impede com que o espermatozóide e o óvulo se fixem na parede uterina.

Contudo é importante ressaltar que por ser um método contraceptivo de emergência, a pílula do dia seguinte não deve ser usada como um método contraceptivo regular. Pois caso a mesma seja tomada com grande frequência, o seu efeito pode diminuir, e os resultados desejados não possivelmente não serão alcançados. A toma constante de pílulas do dia seguinte também pode fazer com que a mulher apresente alterações hormônais e no ciclo menstrual, além disso os efeitos colaterais podem se tornar constantes.

      

Fique informado receba nossas atualizações gratuitamente !

Textos:

Quem está Gravida pode Andar de Moto
Quanto custa um Teste de Gravidez de Sangue
Como fazer o cálculo da última menstruação