Navegolandia » Educação » Como funciona um gerador de energia eólica

Como funciona um gerador de energia eólica

A energia eólica tem mostrado uma das mais promissoras do mundo, seu potencial 100% limpo pode levar energia à milhões de famílias sem prejudicar a natureza. Veja neste artigo como essa energia é produzida.

A energia eólica é uma das mais limpas do mundo e muito usada em países nórdicos devido a grande passagem de ventos que conseguem girar as enormes hélices dos geradores. A energia eólica funciona, basicamente, através da conversão de energia cinética gerada pelo movimento dos ventos nas elicies. As partículas contidas no vento, ar em movimento, são capturados por uma turbina. No caso, por uma turbina eólica que é transformada em energia.

energia eólica

A energia eólica é uma das mais limpas que temos. (foto:reprodução)

Assim como as usinas hidroelétricas que temos no Brasil, a energia eólica vem do movimento, não das águas mas do ar. As partículas de água que existem no ar geram energia cinética. A energia cinética vai passar pelas enormes pás da turbina eólica, esse movimento fará girar um eixo que une o cubo no motor. Assim o gerador transforma essa energia de movimento em eletricidade. Podemos entender que, gerar esse tipo de eletricidade, é basicamente uma transferência de energia de um meio para outro.

Como surge o vento

Tudo começa quando o sol aquece a terra. A  área aquecida absorve certa quantidade de calor quando chega a certa temperatura o ar dessa área começa a se elevar, assim como nos balões de ar quente. O ar quente se eleva enquanto o ar frio fica na parte baixa, assim quando o ar quente sobe rapidamente, o ar frio preencherá o espaço deixado por ele. A diferença de pressão entre os dois causam um movimento, esse movimento é chamado de vento.

Por que não é implantado em todos os lugares

Existem uma série de exigências a cerca da construção de uma turbina eólica. Primeiro devemos considerar o preço de uma turbina, o tamanho das pás e a altura influenciam diretamente na quantidade de energia produzida. Uma única turbina custa em torno de 1,5 milhões de dólares para ser instalada e apenas uma não séria o suficiente para manter uma cidade por exemplo. No Brasil temos a grande vantagem de oferecer energia hidroelétrica que é a mais barata do mundo, apesar de ter custos elevados. O investimento em energia eólica poderia não valer tanto a pena devido a elevação dos preço na energia, a localidade também influencia em sua construção. Sete turbinas podem gerar 1,8 MW com um custo total de 12,6 milhões.

Apesar disso, esse tipo de energia tem recebido grande incentivo em localidades onde o uso da energia hidroelétrica não é viável, justamente pelo fato de ser mais barata até que a energia solar. Diversas pesquisas apontam que o Brasil teria o potencial de produzir 143,5 GW (GigaWatts) um número extremamente superior aos 247,5 MW (MegaWatts) gerados pelas hidroelétricas, só nos resta esperar para saber quando que o Brasil começará a investir neste tipo de tecnologia.

      

Fique informado receba nossas atualizações gratuitamente !

Textos:

Como dançar axé
Qual foi o descobridor da América
Como funciona um gerador de energia eólica