Posts Tagged pele

Importância da esfoliação para a pele

A esfoliação é uma ação feita para remover o excesso de pele morta através de produtos especiais com massagens circulares levemente aplicadas, ela geralmente é feita no rosto, mas pode ser realizada em quase toda a pele e contribui para maciez e beleza,  deixando seu rosto sem marcas, manchas, espinhas e trazendo maior clareamento.

Esse processo, também conhecido como peeling, é importante principalmente no processo de reparação. Muito usado em tratamentos de beleza, antes da aplicação de hidratantes e cremes para uma melhor absorção.

Além disso é utilizado antes do banho de sol para igualar a recepção dos raios, entre outros benefícios como:

  • Estimular a produção de células novas;
  • Igualar o nível de pH da pele;
  • Melhorar a circulação facial;
  • Evitar cravos e espinhas.
A importância da esfoliação.

Pele bonita. (Foto: Reprodução)

Tipos de pele

Para cada tipo de pele há um modo de ser fazer a esfoliação, dependendo da mesma, a esfoliação pode causar danos, machucando de forma agressiva.

Veja abaixo algumas restrições e recomendações.

» Pele sensível – Você deve procurar um produto adequado e ser cuidadoso no processo, só é recomendado a esfoliação uma vez por mês.

» Pele seca – A esfoliação pode ser feita sem problema com prazo de pelo menos 10 dias, aplique sempre de forma circular cada gota do produto.

» Pele oleosa – A pele oleosa pode realizar o processo até 2 vezes por semana, lembrando sempre de higienizá-la antes.

Outros cuidados

Não é bom que a esfoliação seja feita frequentemente, ela pode causar danos à superfície da pele. Também procure sempre o esfoliante adequado, principalmente em casos de acnes. Aplique com toques leves e movimentos circulares, sempre faça a limpeza antes do processo e passe alguns produtos pós-hidratação amenizar as agressões.


Miconazol serve para impingem

A Impingem é um tipo de micose que atinge a superfície da pele, é chamada clinicamente de Tinea Corporal ou Tinea Corporis, a patologia aparece  na forma de erupções na cútis, bolhas  arredondada e avermelhadas com ligeira escamação podendo ocorrer em qualquer local do corpo. Essa doença é transmissível, se pega ao compartilhar objetos pessoais como roupas, toalhas, entre outros.

Imagem da Impigem no rosto

A impigem pode surgir em qualquer lugar do corpo, inclusive no rosto e couro cabeludo.

A doença é a comedida por fungos mais precisamente o Trichophyton, os fungos se alimentam de uma substância que é presente na pele e no cabelo de todos os seres humanos chamada queratina, o ser ao encontrar as condições ideais para sua proliferação, baixa imunidade e umidade, se alojam no tecido cutâneo  e a Tinea Corporis aparece.

A boa notícia é que o problema tem cura normalmente o uso tópico de medicamentos antifúngicos podem resolver entre eles se destaca o Micozanol. O Micozanol o além de tratar a Impingem também ajuda em uma série de outras micoses, por exemplo  frieira, pitiríase e candidíase,  esse remédio em sua forma em creme é contra indicado para pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e pode causar reações, embora raras, com maceração,  irritação e ardor na região aplicada.

O tratamento deve ser feito, se com pomada,  através da aplicação diária sempre após a  higienização do local. O uso do preparado deve ser mantido por uma semana depois do desaparecimento das lesões o que normalmente é de 3 a 5 semanas.

Se o Micozanol não funcionar é sinal que a enfermidade está já em estado crônico ou grave, nesses casos tratar exige o uso de corticoides antibióticos.  O melhor a se fazer é procurar um dermatologista, ele indicara a melhor forma de se livrar desse mal, tratar de forma caseira é perigoso, pois, os sintomas da impingem pode ser mascarados e a cura bem mais complicada.


Como Evitar Estrias na Gravidez de Gêmeos

Gravidez

Cuidados com a pele durante a gravidez

Durante o período da gravidez, o corpo da mulher passa por diversas alterações físicas, principalmente quando se diz respeito ao aumento do volume abdominal (crescimento da barriga), devido ao desenvolvimento do feto na região uterina.

Devido as alterações físicas e hormonais que ocorrem no corpo da mulher durante a gravidez, a presença de manchas e o rompimento das fibras elásticas da pele ocasionando as estrias podem se tornar comuns. Principalmente em regiões corporais como seios, coxas, nádegas, cintura e abdômen.

Dermatologistas relatam que geralmente as estrias podem surgir durante a gravidez devido ao distendimento da pele, sendo que esse distendimento ocasiona a ruptura das fibras elásticas que proporcionam a sustentação da pele. Para evitar o acometimento de estrias durante a gravidez, seja a mesma de gêmeos ou não, alguns cuidados com a pele se tornam necessários, tais como:
Uso de hidratantes corporais:
para manter a pele hidratada e estimular a formação do colágeno, dessa maneira evitando o acometimento das estrias.

Uso de óleos:
óleos de uva e de passiflora são fácies de espalhar sobre a pele, possuem absorção rápida, perfumam a pele e a hidrata profundamente.

Uso de manteiga de cupuaçu:
esse tipo de cosmético proporciona uma hidratação intensiva na pele, o que consequentemente evita o acometimento de estrias.

É importante ressaltar que atualmente muitas empresas especializadas na área da cosmetologia tem lançado produtos com componentes específicos que auxiliam na prevenção de estrias, pois agem hidratando profundamente a pele e evitando que as fibras elásticas da mesma se rompam.