Navegolandia » Novidades » Como entrar na fórmula 1

Como entrar na fórmula 1

A Fórmula 1 é o sonho de qualquer apaixonado por velocidade. Mas não é fácil chegar lá porque, além de talento, o piloto deverá se dedicar e investir no que acredita. Saiba neste artigo como é possível ingressar na categoria e se tornar um piloto de destaque. Confira!

Para entrar na Fórmula 1, o piloto deve ter contato desde cedo com carros e, acima de tudo, amor a velocidade. Não é exagero dizer que na Fórmula 1 você tem que nascer piloto, é algo que está no sangue, na alma. E para almejar o sonho de ser um piloto de Fórmula 1, o individuo terá que ultrapassar os diversos obstáculos impostos pela vida. 

Os pilotos com mais chances de ingressar na formula 1 são os europeus, até porque é na Europa onde estão concentrados as grandes equipes como Ferrari, Mercedes, Willians e outros. Mas isso não significa que o sonho de se tornar piloto seja uma utopia, pelo contrario, apesar do Brasil apresentar poucas oportunidades, é nelas que devem se agarrar. Caso tenha condições, mude-se para algum país da Europa onde as chances são maiores. Mas se não houver condições, é preciso ter ainda mais força de vontade concretizar o sonho de um piloto da Fórmula 1. Também não tem como negar que para ingressar na fórmula 1 é preciso ter um bom investimento, o que não são nada baratos. Pois, até chegar a oportunidade de correr na categoria, você investirá muito e não basta ter apenas talento.

como entrar na F1

Ingressando na F1

A maioria dos pilotos de Fórmula 1 começaram no kart. O kart é a base de todo piloto, seja para Fórmula 1, Stock Car, Fórmula Truck ou Nascar. Quanto mais cedo ingressar no kart e participar de competições, maiores são a chances de ter o reconhecimento.

Na Europa é comum as grandes marcas organizarem competições como Fórmula Ford, Fórmula Renault, etc. Competições como estas servem justamente para lapidar novos talentos e futuramente lança-los na categoria principal, a Fórmula 1. Infelizmente o Brasil não oferece muitas bases, apesar de ser um país apaixonado por velocidade e ter revelado grandes nomes como Ayrton Senna, Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi.

Para iniciar a carreira, primeiramente peça uma licença de corrida e competição na Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Também é preciso pagar uma taxa mensal para o clube de pilotos de sua região. A licença lhe permitirá participar de competições nacionais e internacionais oficialmente. Começa então a escalada pelas categorias de base, começando pela GP2 ou Fórmula 3. Com muita sorte, dedicação e bons resultados, uma  equipe da Fórmula 1 pode lhe chamar para ser piloto de testes.

Assim que você demonstrar bons resultados durante os testes ou caso em alguma ocasião especial seja chamado para participar de alguma corrida, poderá aumentar sua chance de se tornar um piloto de Fórmula 1. Mas não espere entrar em uma equipe de ponta. Provavelmente começará em uma equipe menos conhecida e se as equipes maiores ficarem de olho em seus resultados e necessitarem de um novo piloto, você poderá ser chamado para pilotar em uma delas. 

      

Fique informado receba nossas atualizações gratuitamente !

Textos:

Fotos do Flamengo para MSN
Carros semi novos DF
Lugares em Brasília para prática de esportes ao ar livre